COVID-19: BRASIL TEM 16.118 MORTES E 241.080 CASOS CONFIRMADOS

Em 24 horas, de acordo com o Ministério da Saúde, foram notificados 485 óbitos e 7.938 infectados. Governo diz que 94.122 pessoas estão curadas 

17/05/2020

O Ministério da Saúde confirmou 485 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas. De acordo com o balanço divulgado neste domingo (17), o Brasil acumula 16.118 pessoas mortas por conta da doença respiratória provocada pelo novo coronavírus. A taxa de letalidade está em 6,7%. 
O número de infectados cresceu 7.938 e agora são 241.080 diagnosticados em todo o país. O governo federal estima, ainda, que 94.122 já estão curados. O primeiro registro oficial foi confirmado no dia 26 de fevereiro, no entanto, a pasta investiga 39 casos que podem ter ocorrido antes dessa data. 

Há também 130.840 ocorrências em acompanhamento e 4.450 óbitos em investigação. "São considerados como 'em acompanhamento' todos os casos notificados nos últimos 14 dias pelas Secretarias Estaduais de Saúde e que não evoluíram para óbito", explica Ministério da Saúde. 
R7 



1ª) A manchete antecipa o assunto da notícia. De que fato se trata? 

2ª) Qual a finalidade do texto? 
a) Promover uma ideia. 
b) Discorrer sobre um assunto atual. 
c) Informar ao leitor. 
d) Descrever um acontecimento. 

3ª) Qual o parágrafo que contém a informação principal do texto? Por quê? 

4ª) A notícia foi publicada pelo R7 em 17 de maio de 2020, qual fonte garante que as informações são verdadeiras? 

5ª) No trecho: “O primeiro registro oficial foi confirmado no dia 26 de fevereiro, no entanto, a pasta investiga 39 casos que podem ter ocorrido antes dessa data.”, o termo grifado, separado entre vírgulas, introduz ideia de 
a) causa. 
b) oposição. 
d) consequência. 
d) alternativa. 

6ª) Releia o trecho: “O número de infectados cresceu 7.938 e agora são 241.080 diagnosticados em todo o país.”. Sobre ele, é possível identificar através dos verbos, respectivamente, que a frase 

a) trata de um assunto passado para comprovar informações para o futuro. 
b) trata de um assunto no presente para relatar fatos do passado. 
c) aborda situações do presente para agregar dados para o futuro. 
d) relata informações do passado para acrescentar dados no presente. 

7ª) Qual o fato que desencadeou a notícia? 

8ª) Leia: “O governo federal estima, ainda, que 94.122 já estão curados.”. De acordo com o contexto semântico, por que o verbo “estima” foi utilizado na oração? 

9ª) No último parágrafo, há um trecho que foi colocado entre aspas. Explique o porquê desta utilização. 



10ª) No trecho: “Há também 130.840 ocorrências em acompanhamento e 4.450 óbitos em investigação.”, os termos grifados estabelecem ideia de 
a) adição. 
b) explicação. 
c) oposição. 
d) conclusão. 

11ª) Qual a importância de o leitor identificar as fontes das notícias? 

GABARITO:

1) Do total de mortes do novo coronavírus e o aumento dos casos confirmados no Brasil.
2) C
3) O primeiro parágrafo. Em toda notícia, o primeiro parágrafo necessita conter as informações principais do que será noticiado, com a finalidade de prender a atenção do leitor. Nele, geralmente contém o que é noticiado, quando, como e por que aconteceu. Os próximos parágrafos é um aprofundamento do que é abordado. 
4) O Ministério da Saúde.
5) B
6) D
7) O avanço da Covid-19 no Brasil.
8) Foi utilizado porque os dados representam uma estimativa, não é uma informação exata, tendo em vista que outras pessoas podem ter sido curadas e não foram contabilizadas pelo Ministério da Saúde. 
9) Porque é uma fala exata do Ministério da Saúde (sem alteração ou abreviação do redator).
10)A
11) Para garantir que a informação não seja uma fake news, ou seja, que as informações são realmente verdadeiras. 




Atividade elabora por Maurício Araújo http://tudosaladeaula.blogspot.com/

1 Comentários